Material completo para o Enem

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Questões para médico do SAMU – concurso público

Simulado com questões para quem está se preparando para realizar uma prova de concurso público e vai disputar uma vaga para médico do SAMU. São questões atuais dos últimos concursos públicos referente a área de médico do SAMU. Todas as questões de concurso estão com suas respostas em um gabarito para você conferir se acertou muitas questões. Simulado com 25 questões para avaliar seus conhecimentos.

1. Tendo em vista os princípios gerais do atendimento
ao politramatizado, assinale a alternativa incorreta:
a Abordagem organizada por equipe médica treinada;
b Tratamento depois do diagnóstico;
c Estabelecimento no tratamento e ressuscitação;
d Monitoramento;
e Reavaliação frequente.

2. Escalonar as patologias tem-se tornado um método
comum de avaliação de pacientes, no sentido de
possibilitar um tipo mais rígido de observação e
terapia. Essas escalas, entretanto, só deverão ser
utilizadas se soubermos compreender totalmente
as suas limitações. Elas são de muita utilidade para
a comparação dos resultados de diferentes
instituições médicas no atendimento dos pacientes
politraumatizados. Nesse sentido, assinale a
alternativa correspondente à Escala que permite
comparações de uma mesma ou diferentes
instituições, objetivando estimar o risco de um
paciente vir a falecer:
a Escala Apache III;
b Escala CRAMS;
c Escala de Trauma;
d Escala Politrauma;
e Escala de gravidade da lesão.

3. Na fase pré-hospitalar do atendimento ao
politraumatizado, a ênfase deve ser centrada em
todos os abaixo, exceto:
a Manutenção das vias aéreas;
b Controle dos sangramentos externos;
c Mobilização do paciente;
d Transporte imediato;
e Todas as alternativas anteriores estão corretas.

4. O processo de identificação e abordagem do
politraumatizado constitui o ABCDE do trauma
preconizado pelo ATLS (Advanced Trauma Life
Support, do Colégio Americano de Cirurgiões). Este
processo de treinamento é muito útil no sentido de
alertar o médico em relação a condições
rapidamente fatais, e de como o seu atendimento a
um paciente politraumatizado deve ser realizado.
Assinale a alternativa correspondente ao quarto
passo da sequência ABCDE:
a Vias aéreas (com imobilização cervical);
b Incapacidade: estado neurológico;
c Respiração e ventilação;
d Exposição/controle ambiental: despir completamente
o paciente, mas prevenir a hipotermia;
e Circulação e controle da hemorragia.

5. Um paciente que esteja apresentando sangramento
externo visível, com possibilidade de compressão,
deverá ser atendido sem perda de tempo, para que
sejam evitados problemas com o agravamento da
perda sanguínea. Nesses casos de sangramento
externo, o controle do sangramento e a reposição
volêmica deverão ser simultâneos. A hemorragia
externa deverá ser controlada por _________. A
aplicação de pinças hemostáticas de modo abrupto
(às cegas) ______ ser realizada; já o pinçamento
de vasos sob visão direta é um procedimento
____________:
a Compressão direta-deve-desaconselhável;
b Compressão direta-deve-recomendável;
c Compressão indireta-deve-recomendável;
d Compressão direta-não deve-recomendável;
e Compressão indireta-não deve-recomendável.

6. Assinale a alternativa correspondente, referente às
principais alterações clínicas observadas na
hipovolemia em um paciente com déficit
intravascular de 1 a 1,5 litros de sangue:
a Paciente bem, calmo, pulso 70-80bpm, PA sistólica
120, diurese 40-50ml/h, PVC 5 a 10cmH2O;
b Grande desorientação, fome de ar, extremidades
frias, hipotermia, sede intensa, pulso 130bpm, PA
sistólica 70, Anúria, PVC 5cmH2O;
c Pouca ansiedade, agitação, frio, sudorese palidez,
sede, lipotimia postural, pulso entre 90 e 100bpm,
PA sistólica 120, diurese de 30ml/h, PVC 5 a
10cmH2O;
d Todas as alternativas anteriores estão corretas;
e Nenhuma das alternativas anteriores está correta.

7. O distúrbio do estresse pós-traumático é uma
condição que pode surgir após a ocorrência de um
evento no qual o paciente foi agredido fisicamente,
de maneira violenta, ou sofreu muitas ameaças. Os
eventos traumáticos que podem desencadear o
PTSD incluem:
a Assaltos;
b Estupros;
c Desastres naturais;
d Guerras;

8. Choque considerado por alguns autores, onde
quaisquer dos outros fatores encontrados nos
demais tipos (de choque) é reconhecido como sua
causa?
a Hipovolêmico;
b Indeterminado;
c Séptico;
d Cardiogênico;
e Neurogênico.

9. O choque cardiogênico ocorre mais frequentemente
após todas as condições abaixo, exceto:
a Hemangioma Intra-hepático;
b Infarto ou Isquemia extensa do ventrículo D ou E;
c Ruptura Aguda do septo intraventricular;
d Ruptura de papilares ou de cordoalhas tendíneas
com insuficiência mitral grave;
e Tamponamento Cardíaco.

10. As infecções que mais frequentemente conduzem
ao choque séptico são as produzidas por gramnegativos,
tais como os abaixo, exceto:
a Escherichia coli;
b Klebsiella;
c Proteus;
d S. Aureus;
e Serratia.

11. A Insuficiência Cardíaca de Alto Débito pode ser
precipitada por todas as abaixo, exceto:
a Febre;
b Tireotoxicose;
c Insuficiência Renal;
d Baixa Temperatura Ambiental;
e Gravidez.

12. Assinale a alternativa incorreta quanto aos
principais fatores de risco associados à Hipertensão
Arterial Sistêmica:
a Dislipidemia;
b Tabagismo;
c Mulher pré-menopausa;
d Idade acima de 60 anos;
e Diabete Melito.

13. Não representam indicação para o MAPA
(Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial):
a Arritmias cardíacas complexas em grandes obesos;
b HAS resistente;
c Há limítrofe (lábil);
d HA do avental branco;
e Hipotensão Ortostática.

14. Uma crise asmática grave é sugerida pela
dificuldade respiratória ao repouso, dificuldade em
pronunciar frases, sudorese ou uso de músculos
respiratórios acessórios. Uma frequência
respiratória superior a __ respirações/minuto, pulso
superior a___ batimentos/minuto e pulso paradoxal
superior a __ mmHg indicam um episódio grave
(Arch Intern Med 145:321, 1985):
a 30-110-12;
b 30-120-12;
c 28-110-12;
d 28-110-14;
e 28-120-14.

15. São agentes anti-inflamatórios que podem ser
utilizados no tratamento da asma:
a Cromolina;
b Aminofilina;
c Teofilina;
d Sulfato de magnésio;
e Adrenalina.

16. A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é
uma síndrome de ______ crônica, com obstrução
do fluxo ________ que, diferentemente da asma,
não varia muito por períodos de vários meses de
observação. O termo DPOC inclui bronquite crônica
e enfisema. Todavia, outras doenças, como fibrose
cística (FC), ________ ou bronquiolite obliterante,
estão associadas com a limitação crônica do fluxo
respiratório. Obstrução do fluxo respiratório pode
agravar-se por inflamação das vias respiratórias,
broncospasmo, obstrução mucosa e fibrose de
pequenas vias aéreas:
a Dispneia-expiratório-bronquiectasia;
b Dispneia-inspiratório-bronquiectasia;
c Apneia-inspiratório-atelectasia;
d Apneia-expiratório-bronquiectasia;
e Nenhuma das alternativas anteriores está correta.

17. Na DPOC, as radiografias de tórax mostram
diafragmas _________ e achatados. No enfisema
grave, os campos pulmonares estão __________,
com marcações vasculares diminuídas e bolhas. A
doença é mais proeminente no pulmão ________,
exceto na deficiência de alfa1-antitripsina, que pode
mostrar uma predominância _______:
a Altos-hipotransparentes-inferior-basilar;
b Altos-hipertransparentes-basilar-superior;
c Baixos-hipotransparentes-superior-basilar;
d Baixos-hipertransparentes-superior-basilar;
e Altos-hipotransparentes-basilar-superior.

18. Testes laboratoriais de rotina podem ser um indício
ocasional de hipotireoidismo, sendo aconselhável
investigar a função tireóidea nos pacientes:
a Com baixas concentrações de enzimas musculares;
b Hipolipidêmicos;
c Hipernatrêmicos;
d Anêmicos;
e Nenhuma das atividades anteriores está correta.

19. No tratamento do Hipotireoidismo com a tiroxina
sintética, assinale a alternativa correta:
a A dose média de reposição do T4 em adultos é 1.6
μg/kg/dia (112 μg/dia em um adulto de 70-kg),
variando de 50 a 200 μg/dia, de acordo com cada
paciente, e iniciando com doses menores;
b A dose média de reposição do T3 em crianças é 1.6
μg/kg/dia (112 μg/dia em um adulto de 70-kg),
variando de 250 a 300 μg/dia, de acordo com cada
paciente, e iniciando com doses menores;
c A dose média de reposição do T3 em adultos é 2.3
μg/kg/dia (100 μg/dia em um adulto de 80-kg),
variando de 50 a 200 μg/dia, de acordo com cada
paciente, e iniciando com doses maiores;
d A dose média de reposição do T4 em adultos é 1.6
μg/kg/dia (112 μg/dia em um adulto de 70-kg),
variando de 150 a 200 μg/dia, de acordo com cada
paciente, e iniciando com doses maiores;
e A dose média de reposição do T4 em crianças é 1.6
μg/kg/dia (112 μg/dia em uma criança de 30-kg),
variando de 50 a 200 μg/dia, de acordo com cada
paciente, e iniciando com doses maiores.

20. Entre as principais causas incomuns de
hipertireoidismo, assinale a alternativa incorreta:
a Tireoidite indolor pós-parto;
b Doença de Graves;
c Adenoma tireoidiano;
d Tireoidite Induzida por iodo;
e Tireoidite subaguda.

21. No tratamento do Hipertireoidismo assinale a
alternativa correta:
a Algumas formas de hipertireoidismo, como a
tireoidite silenciosa ou a tireoidite subaguda, são
transitórias e não requerem somente terapêutica
sintomática;
b Existem três métodos de tratamento definitivo: iodo
radioativo, tiozinamida e tireoidectomia total e todos
eles controlam imediatamente os sintomas de
hipertireoidismo;
c Propranolol ou outros antagonistas alfa-adrenérgicos
aliviam os sintomas do hipertireoidismo, como
palpitações, tremor e ansiedade. São utilizados para
melhorar o bem-estar enquanto se administra a
terapêutica definitiva para o hipotireoidismo, ou até
que as formas transitórias de hipotireoidismo
cessem. A dose inicial de propranolol, 80 a 100 mg
VO 2 vezes ao dia, é ajustada para aliviar sintomas e
bradicardia. O tratamento à base de antagonistas
alfa-adrenérgicos deve ser incrementado
gradualmente e, a seguir, interrompido quando o
hipertireoidismo estiver exacerbado;
d O verapamil, na dose inicial de 40 a 80 mg VO, 3
vezes ao dia, pode ser utilizado para controlar a
taquicardia nos pacientes com contraindicações aos
antagonistas beta-adrenérgicos (p. ex., doença
pulmonar obstrutiva);
e Nenhuma das alternativas anteriores está correta.

22. Não constitui manifestação periférica de ansiedade:
a Hiperidrose;
b Diarreia;
c Hipotensão;
d Tremores;
e Síncope.

23. Qual o marcador bioquímico de lesão miocárdica no
diagnóstico do IAM que não tem especificidade
para o tecido cardíaco, variando nas lesões de
músculo esquelético e na insuficiência renal sendo
sua maior utilidade potencial após a administração
de trombolítico, para avaliar a reperfusão do
miocárdio:
a Mioglobina;
b CK-MB;
c Desidrogenase Lática;
d Troponina;
e Nenhuma das alternativas anteriores está correta.

24. Muitos medicamentos induzem a constipação,
incluindo:
a Narcóticos;
b Hidróxido de alumínio;
c Anticolinérgicos;
d Suplementos de ferro;
e Todas as alternativas anteriores estão corretas.

25. Qual o período de incubação da hepatite C,
conforme Guia do Ministério da Saúde?
a De 30 a 180 dias (média de 60 a 90 dias);
b Varia de 15 a 150 dias (média de 50 dias);
c De 15 a 45 dias (média de 30 dias);
d Duas semanas (média de 40 a 60 dias);
e Nenhuma das alternativas anteriores está correta.









_____________________________





Gabarito:
1.B – 2.A – 3.C – 4.B – 5.D – 6.C – 7.E – 8.B – 9.A – 10.D – 11.D – 12.C – 13.A – 14.C – 15.A- 16. A – 17.D – 18.D – 19.A – 20.B – 21.D - 22.C - 23.A – 24.E – 25.B

2 comentários:

Héron Máximo disse...

O gabarito da questão 6 está errado. A RESPOSTA é LETRA E.


Héron Máximo disse...

OK?

Seu portal das questões para concursos


Olá, você está conectado ao melhor blog de questões de concursos públicos selecionadas da internet. Fique por dentro das dicas e macetes das provas, esteja sempre na frente com conhecimentos atualizados e conquiste sua carreira de trabalho.